quinta-feira, 7 de abril de 2016

Trecho de uma carta de confrontação aos pais adulterantes


"[...]Vocês me ensinaram tão cedo que uma criança pequena não merece respeito, que não é gente, na melhor das hipóteses é um brinquedo com o qual se pode brincar, mas também ameaçar a vontade, explorar e maltratar, sem ser preciso ter a mínima responsabilidade por isso. Essa é a herança de vocês, aquela que me deixa insegura tantas vezes, que me transmite sensações de estresse e saturação e, ainda hoje, às vezes, eu não me arrisco a sentir raiva de vocês... Um filho amado aprende, desde o início, o que é amor. Um filho negligenciado, desprezado e explorado nunca pode aprender."

Alice Miller

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

"É porque se espalha o grão que a semente acaba
por encontrar um terreno fértil."-
Júlio Verne


>>>>>>>>>>>>>>

"A aventura é, sempre e em todos os lugares, uma passagem pelo véu que separa o conhecido do desconhecido; as forças que vigiam no limiar são perigosas e lidar com elas envolve riscos; e, no entanto, todos os que tenham competência e coragem verão o perigo desaparecer." — Joseph Campbell em, O Herói de Mil Faces

"Acredito que o maior presente que alguém me pode dar é ver-me, ouvir-me, compreender-me e tocar-me. O maior presente que eu posso dar é ver, ouvir, entender e tocar o outro. Quando isso acontece, sinto que fizemos contato" — Virginia Satir

"A mente inocente é aquela que não pode ser ferida. Uma mente sem marcas de ferimentos recebidos — eis a verdadeira inocência; temos cicatrizes no cérebro e, com elas, queremos descobrir um estado mental sem ferimento algum. A mente inocente não pode ferir-se (isto é, sofrer ofensa), porque nunca transporta um ferimento de dia para dia. Não há, pois, nem perdão, nem lembrança.[...] A mente em conflito não tem nenhuma possibilidade de compreender a Verdade" — Krishnamurti