Educação Adulterante

  1. Os adultos são senhores (e não servos!) da criança dependente;
  2. assim como deuses, eles determinam o certo e o errado;
  3. sua ira se origina de seus próprios conflitos; 
  4. eles imputam a responsabilidade disso às crianças;
  5. os pais sempre devem ser protegidos;
  6. os sentimentos vivazes da criança representam um perigo para o dominador;
  7. devemos tão cedo quanto possível "tirar a vontade" da criança;
  8. tudo deve acontecer muito precocemente, para que a criança "não perceba" e não possa trair o adulto.
    Os meios de repressão dessa vivacidade são: preparar armadilhas, mentir, utilizar a astúcia, dissimular, manipular, infundir medo, privar do amor, isolar, desconfiar, humilhar, desprezar, zombar, causar vergonha, empregar a violência, chegando até a tortura.

    Também faz parte da "pedagogia negra" passar à criança desde o início informações e opiniões erradas. Essas são transmitidas há gerações e aceitas respeitosamente pelas crianças, embora elas não apenas não sejam comprovadas, mas, ao contrário, sejam comprovadamente falsas. Entre elas, encontram-se opiniões como:

  1. o sentimento de dever gera amor;
  2. é possível eliminar o ódio com proibições;
  3. os pais, enquanto pais, merecem respeito a priori;
  4. as crianças a priori não merecem respeito;
  5. a obediência fortalece;
  6. uma elevada auto-avaliação é prejudicial;
  7. uma baixa auto-avaliação conduz ao humanitarismo;
  8. os mimos são prejudiciais (idolatria);
  9. é ruim consentir com as necessidades das crianças;
  10. dureza e frieza significam um bom preparo para a vida;
  11. a gratidão fingida é melhor do que a ingratidão verdadeira;
  12. o comprometimento é mais importante do que a própria essência da pessoa;
  13. os pais e Deus não sobrevivem a uma ofensa;
  14. o corpo é algo sujo e repugnante;
  15. a intensidade dos sentimentos é prejudicial;
  16. os pais são seres livres de pulsões e de culpa;
  17. os pais sempre têm razão;
Fonte: 

No princípio era a educação 
Autora: Alice Miller
Editora: Martins Fontes
Páginas: 72 e 73

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

"É porque se espalha o grão que a semente acaba
por encontrar um terreno fértil."-
Júlio Verne


>>>>>>>>>>>>>>

"A aventura é, sempre e em todos os lugares, uma passagem pelo véu que separa o conhecido do desconhecido; as forças que vigiam no limiar são perigosas e lidar com elas envolve riscos; e, no entanto, todos os que tenham competência e coragem verão o perigo desaparecer." — Joseph Campbell em, O Herói de Mil Faces

"Acredito que o maior presente que alguém me pode dar é ver-me, ouvir-me, compreender-me e tocar-me. O maior presente que eu posso dar é ver, ouvir, entender e tocar o outro. Quando isso acontece, sinto que fizemos contato" — Virginia Satir

"A mente inocente é aquela que não pode ser ferida. Uma mente sem marcas de ferimentos recebidos — eis a verdadeira inocência; temos cicatrizes no cérebro e, com elas, queremos descobrir um estado mental sem ferimento algum. A mente inocente não pode ferir-se (isto é, sofrer ofensa), porque nunca transporta um ferimento de dia para dia. Não há, pois, nem perdão, nem lembrança.[...] A mente em conflito não tem nenhuma possibilidade de compreender a Verdade" — Krishnamurti